CARNE AROUQUESA
A história do aparecimento desta raça é ainda hoje desconhecido ainda que se pense que remonte aos tempos Celtas, pelo cruzamento de várias raças de bovinos, nomeadamente as raça barrosã, mirandesa e minhota ou galega, cujas áreas de povoamento se alongavam pelo território nacional.

É considerada carne Arouquesa DOP as carcaças de vitela, novilho, vaca e boi da raça Arouquesa, criados de forma tradicional, na região de Arouca. Apenas os animais de linha pura da Raça Arouquesa, inscritos no livro genealógico, poderão fornecer material para DOP. Assim, não são admitidos cruzamentos que possam pôr em causa a linhagem, a continuidade e apuramento da raça. São confeccionados pratos de grande qualidade de Carne Arouquesa, nomeadamente a vitela assada no forno, os famosos bifes de Alvarenga, a posta arouquesa, os medalhões e a espetada de vitela arouquesa, a vitela arouquesa na púcara e as costeletas de vitela arouquesa grelhada.

A «CARNE AROUQUESA» apresenta uma consistência firme, ligeiramente húmida, denotando suculência. A «CARNE AROUQUESA» pode apresentar-se como carne de vitela, de vitelão, de novilho, de boi, de touro e de vaca, segundo as regras a seguir enumeradas. A carne de vitela é proveniente de machos e fêmeas desmamados e com menos de 9 meses de idade, de carcaças classificadas nas classes de conformação U, R, O, ou P. A carne de vitela apresenta uma coloração rósea-pálida ou rósea-claro, com gordura de cor branca, distribuída homogeneamente e grão fino do músculo. A carne de vitelão é proveniente de machos e fêmeas com mais de 8 meses e com menos de 12 meses de idade, de carcaças classificadas nas classes de conformação S, E, U, R, ou O. A carne de vitelão apresenta uma cor entre o rosa e o vermelho claro, com gordura de cor branca a cremosa. A carne de novilho é proveniente de machos e fêmeas com mais de 12 meses e com menos de 24 meses de idade, de carcaças classificadas nas classes de conformação S, E, U, R, ou O. A carne de novilho apresenta uma cor entre o rosa e o vermelho claro, com gordura de cor branca a cremosa. A carne de vaca é proveniente de fêmeas com mais de 24 meses de idade, de carcaças classificadas nas classes de conformação E, U, R, ou O. A carne de vaca apresenta uma cor em tons vermelhos, podendo ir ao vermelho escuro. A gordura é amarelada. A carne de boi é proveniente de machos castrados com mais de 24 meses de idade, de carcaças classificadas nas classes de conformação E, U, R, O, P. A carne de boi apresenta uma cor em tons vermelhos, podendo ir ao vermelho escuro. A gordura é amarelada. A carne de touro é proveniente de machos não castrados com mais de 24 meses de idade, de carcaças classificadas nas classes de conformação E, U, R, O, P. A carne de touro apresenta uma cor em tons vermelhos, podendo ir ao vermelho escuro. A gordura é amarelada.

A área geográfica de produção da «CARNE AROUQUESA» engloba as seguintes freguesias: - Concelhos de Baião, Cinfães, Castelo de Paiva, Arouca, Castro Daire, S. Pedro do Sul, Vale de Cambra, Sever do Vouga, Oliveira de Frades e Vouzela: todas as freguesias. - Concelho de Resende: todas as freguesias à exceção da freguesia de Barrô. - Concelho de Celorico de Basto: Arnoia; Moreira do Castelo; União das Freguesias de Veade, Gagos e Molares (à exceção da antiga freguesia de Veade); União das Freguesias de Britelo, 2 Gémeos e Ourilhe; União das Freguesias de Caçarilhe e Infesta (à exceção da antiga freguesia de Caçarilhe); União das Freguesias de Carvalho e Basto (Santa Tecla). - Concelho de Amarante: Telões; Fridão; Vila Chã do Marão; Fregim; Lufrei; Gondar; Candemil; Ansiães; Louredo; Vila Caiz; Salvador do Monte; Lomba; Jazente; Padronelo; São Simão de Gouveia; União das Freguesias de Vila Garcia, Aboim e Chapa; União das Freguesias de Amarante (São Gonçalo), Madalena, Cepelos e Gatão; União das Freguesias de Aboadela, Sanche e Várzea; União das Freguesias de Bustelo, Carneiro e Carvalho de Rei (à exceção da antiga freguesia de Bustelo). - Concelho de Marco de Canaveses: Tabuado; Soalhães; Várzea, Aliviada e Folhada. - Concelho de Santa Maria da Feira: União das Freguesias de Canedo, Vale e Vila Maior (à exceção das antigas freguesias de Canedo e Vila Maior); União das Freguesias de Lobão, Gião, Louredo e Guisande (à exceção das antigas freguesias de Lobão, Gião e Guisande). - Concelho de Oliveira de Azeméis: Fajões; Carregosa; Ossela; União das Freguesias de Pinheiro da Bemposta, Travanca e Palmaz (à exceção das antigas freguesias de Pinheiro da Bemposta e Travanca).

A «CARNE AROUQUESA» apenas pode ser produzida por produtores cujas explorações estejam localizadas na área geográfica, que cumpram o estipulado no presente caderno de especificações e que submetam ao respetivo regime de controlo a totalidade da sua exploração.